Sexta-feira, 13 de Agosto de 2004

HOMOFOBIA?

ch_thrt_s.jpg


Lembrei-me de abordar este tema polémico depois de ter visto na "SIC Noticias" uma reportagem sobre homosexuais portugueses.


Que discriminação existe, todos nós sabemos. Muito antes do Nazismo - quando o preconceito teve seu auge - negros, judeus, gays e todos aqueles que eram minorias já eram vítimas. Mas, depois da revolução tecnológica, da queda de barreiras, do estreitamento de relações... é um absurdo pensar que ainda exista gente que alega ser superior aos outros. Infelizmente, casos assim alimentam a mídia, nacional e internacional e até em alguns blogs a coisa vai longe demais.


O pior é que não acabam no duro e triste preconceito. Muitos levam à morte, o que pode levar uma pessoa a espancar e a matar outra, só por causa da sua opção sexual?  A solução é dificil de encontrar talvez passe pela educação e a informação. É, claro, que a punição exemplar dos autores é uma boa maneira de mostrar que crimes assim não são tolerados.


f511012.jpg


Quando se trata de homossexuais, existe uma denominação própria para o preconceito: a homofobia, por outras palavras, é o medo do homossexualismo e a total repugnancia, para já não falar em racismo. Como mecanismo de defesa de sua insegurança, essas pessoas costumam ridicularizar e agredir os homossexuais.


Os dados de violência para com os homesexuais são graves. Segundo alguns dados publicados num pais enorme como o Brasil, a cada dois dias um homossexual é brutalmente assassinado, vítima do machismo e da homofobia. Só no ano de 1999, foram registrados 169 assassinatos. A reportagem acabou dando a conhecer o que para alguns não será novidade, hoje mais de 10% da população mundial é homossexual, mas a grande maioria esconde esse facto por diversos factores para além daqueles já mencionados neste texto. 


Desde 1973, a homossexualidade deixou de ser classificada como doença pela Associação Americana de Psiquiatria e, na mesma época, é retirada do Código Internacional de Doenças (C.I.D.). Mas foi só em 1999, que o Conselho Federal de Psicologia (C.F.P).


Todos, independentemente da sua raça, religião, condição fisica e psicologica, sexo ou escolha sexual têm os mesmos direitos. A nossa vizinha Espanha prepara-se para legalizar os casamentos homosexuais, em Portugal deveriam fazer o mesmo.


Agora, a minha opinião muito pessoal sobre um assunto, talvez o mais polémico das propostas apresentadas pelas associações gays. Como devem estar habituados eu sou directo e escrevo aquilo que penso e defendo, respeitando todos aqueles que pensam o contrário.


A adopção de crianças pelos casais homosexuais é para mim um dos direitos que lhes deveria por agora, ser negado, porque os que defendem este direito estão a pensar neles e não nas crianças, aquilo que elas teriam de passar na escola, com os amigos, com os pais dos seus amigos, já imaginaram? Se os homosexuais estão hà tanto tempo a lutar pelos seus direitos, quanto tempo levariam as crianças adoptadas por eles, a compreender e depois lutar contra preconceitos, racismos, agressões e muito mais, sem compreenderem o porquê? Sem term culpa nenhuma de terem sido adoptados por uma familia que é constituida por dois pais ou duas mães.


032.jpg


publicado por http://casadomasnaocapado2.blogs.sapo.pt/ às 16:10
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De inconfidente a 16 de Agosto de 2004 às 11:32
Acho que a homossexualidade é uma coisa normal, se temos outras opções que não essas....temos que respeitar quem é diferente.
Quanto à adopção...porque não? há pouco tempo vi uma reportagem em que uma criança (rapaz) tinha ficado sem mãe e o pai juntou-se com outro tipo, a reportagem baseava-se em testemunhos da criança...confesso que fiquei impressionada. O reporter perguntou-lhe se era feliz, e ele respondeu....claro porque é que não havia de ser? Sou muito amado pela minha familia!!! Tenho compreensão e carinho.....
E realmente existem tantos casais supostamente normais que maltratam os filhos e só fazem "merda"...e se existem tantas crianças à espera de um lar e amor....porque não?


De Orelhas Quentes a 13 de Agosto de 2004 às 17:55
Concordo com o que escreves, especialmente no que se refere ás adopções.
Quanto á questão da homofobia, que acho todos a temos, mas em graus diferentes. Uma coisa é aceitar as escolhas dos outros, outra é conviver com essas escolhas. A mim incomodam-me as bichonas, da mesma forma que as sapateiras. De resto, desde que não me incomodem, façam o que quiserem.
Mas também reparei que só colocaste fotografias de lésbicas (não, não quero ver as outras, era só uma piada).


De djbarrioz a 13 de Agosto de 2004 às 17:33
Tema bera de se abordar! Admiro a coragem e a sobriedade com que o fizes-te. concordo em relação às adopções. nós, não homofóbicos, podemos ajudar. bem escrito.


De so12 a 13 de Agosto de 2004 às 16:35
Ó Ursocabeludo, o que foste buscar... é muito complicado o tema, muito, muito!
Direitos iguais para todos, leis para todos e tal... muito lindo, muito bonitinho. Mas cá entre nós que ninguém nos ouve, custa-nos muito mais sermos assediados por um/a homosexual do que por alguém do sexo oposto, não é? Isto a nós, que supostamente, até nem temos preconceitos...ehehehe! Dava um testamento, este assunto, dava...


De R a 13 de Agosto de 2004 às 16:12
Passei voando por aqui, saudades de vc.
Vim deixar um beijo especial, beijo de carioca..rs
E desejar ótimo final de semana


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. SEMPRE É VERDADE...

. DINHEIRO É SINÓNIMO DE .....

. THE BETTER SEX GUIDE ANAL...

. TEMPO E DISTÂNCIA

. ESTOU DE VOLTA...MAIS UMA...

. ...

. CASAR FAZ BEM À SAUDE?

. PORQUE O SABER NÃO OCUPA ...

. EU ACREDITO, E VOCÊS?

. O ÚLTIMO REFÚGIO...

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds