Quarta-feira, 1 de Setembro de 2004

MATAR POR AMOR?

26409_w.jpg


Hoje, pela manhã, como sempre, antes de ir para o trabalho,  fui beber o meu café, quando uma noticia num jornal que até nem leio muito “Correio da manhã”, me chamou a atenção “Matar por amor”.


"O dedo aperta o gatilho e a cólera sai à velocidade de uma bala. O ciúme ou a mera suspeita levam os homens a actos de loucura. A incapacidade para lidar com a rejeição é mais forte do que a Lei. O orgulho do ‘macho lusitano’ está mais vivo do que nunca e não pode ser beliscado. Para azar de muitas mulheres (mas também de homens), assassinadas em nome do amor."


 Isto fez-me pensar em escrever algo sobre este tema. Eu seria capaz de matar por amor a um filho, se algo ou alguém lhe fizesse algo de inaceitável, eu era capaz! Assim como era capaz de morrer por ele. Mas como o artigo faz referência ao amor entre homem e mulher, é o crime passional que me faz escrever! Só porque um dos dois acaba uma relação, ciúme ou apanhar o outro em flagrante delito, deve doer imenso (nem faço ideia como) mas daí até matar, vai uma distância enorme, ou não? É que estudiosos da psique humana já sustentaram que amor e ódio são verso e inverso de uma só medalha. Em poucos instantes, amor se converte em ódio e vice-versa. Os factores que podem desencadear tal mutação são diversos: ciúme; mágoa; rancor; sentimento de ser traído ou humilhado etc. Penso que, em tais crimes passionais, a emoção que motiva a conduta, é o ódio (e não o amor). Nós vivemos para a amar, e não para matar, é simplesmente impossível alguém que não ama, viver, mas matar? Se houve traição, só existem dois caminhos, ou o perdão, ou o fim do relacionamento, mas nunca matar. Em que mundo vivemos? Basicamente, é necessário amar-se muito e ter muita confiança em si próprio... esse é primeiro grande passo para uma boa convivência. E para nossa boa convivência, aqui fica a minha opinião muito compactada. Desejo a todos UM LINDO DIA.


00006.jpg


publicado por http://casadomasnaocapado2.blogs.sapo.pt/ às 14:30
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De L.M a 2 de Setembro de 2004 às 10:20
Matar por um filho, nem pensava duas vezes, era logo!!... matar a conjugue, porquÊ?? eu faria antes outra coisa, mas não digo agora pelo menos.......


De elda a 1 de Setembro de 2004 às 15:05
Li os temas abaixo e so agora li esse ultimo....MATAR...palavra tao fria :-(



De elda a 1 de Setembro de 2004 às 15:02
Xiiii...este blog me chamou a atençao....vou tar de olhos abertos a novos temas
Força
:-))


De inconfidente a 1 de Setembro de 2004 às 14:51
Bem ...tema complicadinho este!!!!
Matar por um filho? Completamente!
Matar o conjuge...por traição? É de doidos!!!!Ainda se mata-se a outra ou o outro...fazia um certo sentido...agora o marido ou a mulher??? O que é que se ganha com isso?????


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. SEMPRE É VERDADE...

. DINHEIRO É SINÓNIMO DE .....

. THE BETTER SEX GUIDE ANAL...

. TEMPO E DISTÂNCIA

. ESTOU DE VOLTA...MAIS UMA...

. ...

. CASAR FAZ BEM À SAUDE?

. PORQUE O SABER NÃO OCUPA ...

. EU ACREDITO, E VOCÊS?

. O ÚLTIMO REFÚGIO...

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds