Segunda-feira, 25 de Setembro de 2006

UM TEMA DIFERENTE...

20060212-173762-5.jpg


Ele há dias em que por mais que olhe para o monitor só consigo ver uma folha branca do word como que a gozar comigo. Parece que se está rir de e para mim, como que a dizer “tu tás à rasca, ò tagafe? Querias muito escrever algo interessante (que seria a primeira vez) para os teus amigos e… nada ?”


Fico marafado com a folha em branco, mais do que comigo próprio. É uma porra! Ainda por cima eu queria abordar algo diferente, algo inovador, um tema sobre o qual nunca escrevi, DESEJO, SEXO, essas coisas!


Claro que vos podia falar de coisas normais ligadas ao tema em causa, como o embaraço de fazer uma mulher atingir 399 orgasmos e mesmo assim não me conseguir vir. Ou daquela vez em que pedi ao guiness book o favor de não publicar na sua edição de ouro, o meu nome constando nos dez homens no mundo com o maior pénis. Coisas simples e verdadeiras, mas que não justificam mais do que algumas linhas a propósito.


 Isto tudo deu-me a ideia para vos falar da minha cunhada. Eu desejo-a sabiam ? Pois, ok, mas mesmo assim vou falar no tema. A minha mulher é muito melhor (fisicamente falando) que a minha cunhada, mas mesmo assim eu sinto-me atraído, é o velho ditado “…a galinha da vizinha é melhor que a minha…”, mas a questão ultrapassa em muito o desejo que já reparei mais do que uma vez, é retribuído.


Ainda em solteiro ela arrastou a asa para o meu lado diversas vezes, e em várias situações fui confrontado pela minha actual mulher com ciúmes devastadores que iam terminando a nossa relação. Não tive outra saída, tive que ser radical e afastar-me, manter um relacionamento frio (para não dizer gelado) com a minha cunhada. Por vezes penso na injustiça que essa minha atitude demonstra, mas foi o melhor na altura e mesmo agora quando nos aproximamos mais, os faróis da minha mulher acendem de uma forma que só visto. E agora vocês perguntam: e se ela desse o primeiro passo? E eu respondo: não sei não! Estou a ser o mais sincero possível, porque pode não parecer, mas esta atitude que tenho perante a minha cunhada por vezes entristece-me. Ainda este fim de semana estivemos juntos e tive que manter a minha frieza, é chato, triste e não condiz com a minha maneira de ser.


Eu sei que os meus amigos e principalmente amigas, podem achar estranho, ou talvez não! Já tentei escrever para a revista “Maria” a colocar o problema mas ainda não tive coragem. Enviem-me um e-mail, para não me sentir tão parvo a pensar que sou o único com este problema, mas por favor não me enviem vírus.


Conheço um gajo que apanhou uma merda dessas através do computador e agora há mais de três meses que não se consegue sentar ...

publicado por http://casadomasnaocapado2.blogs.sapo.pt/ às 18:09
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. SEMPRE É VERDADE...

. DINHEIRO É SINÓNIMO DE .....

. THE BETTER SEX GUIDE ANAL...

. TEMPO E DISTÂNCIA

. ESTOU DE VOLTA...MAIS UMA...

. ...

. CASAR FAZ BEM À SAUDE?

. PORQUE O SABER NÃO OCUPA ...

. EU ACREDITO, E VOCÊS?

. O ÚLTIMO REFÚGIO...

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds